Contato

contact symbol@

 

 

Se deseja fazer contato com o Cadeira Voadora, deixe um comentário na página de sua preferência ou mande sua mensagem para mim pelo e-mail fazendoacadeiravoadora@gmail.com

Aguardo você! =)

Laura Martins, autora e editora do blog

26 Comments

  1. Parabéns a todos os envolvidos nesse projeto!
    Abraços
    Afonso

  2. Primeiro, Parabéns pelo site.
    Tenho acompanhado seu Blog desde minha viagem para Paris, onde me ajudou muito saber sobre acessibilidade, pois meu marido é um cadeirante viajante.
    Agora estamos pensando em conhecer BH nesse final do ano e gostaria de saber se as ladeiras de Ouro Preto são piores que as ladeiras de Lisboa e Porto…dá para encarar se tiver alguém para empurrar a cadeira????

    • Ei, Rosely! Obrigada pela visita!

      Faz muitos e muitos anos que não vou a Ouro Preto… Não me lembro se as ladeiras de lá são piores que as de Lisboa, mas estou quase certa de que não são. Mas leve em consideração que as calçadas são revestidas com pedras pontiagudas e que, muito provavelmente, não há acessibilidade nos passeios.

      De qualquer modo, vou verificar, na página da Cadeira no Facebook, se alguém pode lhe fornecer mais informações, ok? Passe por lá depois, para checar as respostas.

      Estou à disposição!

      Beijo e bom passeio

  3. O site está show! Parabéns, Laurinha! Beijão!

  4. Laura li a post sobre a cadeira voadora, você sabe o nome do segurança que aparece nas fotos de Marta Alecar, ensinando a usar? na post fala da gentileza mais não foi mencionado o nome dele.

    • Oi, Edilene, tudo bem?

      Vamos ver se eu entendi direitinho o que vc quer saber… O post ao qual vc se refere é aquele sobre o banho de mar usando cadeira anfíbia?

      Se for este, não são seguranças, são os voluntários do projeto Praia para Todos. Lá tem o link para o site deles, tá?

      Qualquer dúvida, volte a escrever!

      Bjim!

  5. Oi Laura,
    Adorei seu blog!! Tenho uma mãe cadeirante e suas dicas serão super válidas.Vou compartilhar uma informação,me permite rs?
    Fui comprar um ingresso para mim e para minha no cinema ROXY (grupo severiano ribeiro) aqui no RJ e o atendente me informou “acompanhante de cadeirante não paga” . O atendente falou que isso mudou mais ou menos há 4 meses.
    Eu tive sorte dele me informa isso,pois cansei de ir la com minha mae e não me passaram nada.
    Não sei isso vale para todos cinemas e Estados, mas não custa quem for nos cinemas com acompanhante perguntar!!

    • Ei, Juliana! Tudo bem? Grata pela visita e pelo comentário. Que bom que o blog tem sido útil para vcs.
      Sobre o ingresso, a verdade é que nada impede que o cinema tenha regras próprias. Sim, não custa perguntar, mas em alguns lugares as pessoas respondem de forma muito indelicada, até grosseira. Já aconteceu comigo, e perguntei à atendente simplesmente porque, na época, eu desconhecia a lei…
      Mas valeu a dica.
      Grande abraço!

  6. Estou com passagem marcada para b\Buenos Aires no dia 4/set, gostaria de me informar acessibilidades, grato,

  7. magda cardoso dos reis

    por favor eu tenho uma filha especial e cadeirante ela tem 22 anos eu moro em bh e conheço muita gente que mora em contagem por esse motivo e pelo valor mas baixo do aluguel eu quero me mudar pra contagem ja vi varias casas pra alugar mas tenho um problema minha filha fica numa escola especial aqui em bh eu queria muito consiquir o sem limete pra trazer ela por favor me ajude me de uma luz eu estou desesperada pra mudar mas n’ao quero tirar ela da escola pois la ela tem os atendimentos e ela esta la deste dos 6 anos de idade me ajude por favor

  8. Cara Laura
    Preciso falar com voce. Poderia me enviar telefone de contato.
    abraços
    walter sebastião
    Jornal Estado de Minas
    (31 3263-5315

  9. Oi Laura, adorei seu site! Meu marido tem mobilidade reduzida ( duas canadenses) e vivo buscando informações sobre acessibilidade em viagens… Difícil achar!!

    Me diga uma coisa… Estamos com viagem marcada para julho, Cancun e cidade do México, você teria informações sobre acessibilidade nessas regiões?

    Desde já agradeço e parabéns novamente pelo site!!

    • Olá, Maria, seja bem-vinda! Fico muito feliz por saber que o site tem sido útil para vcs! Ele é feito com muito carinho.
      Infelizmente não tenho nenhuma informação sobre essas duas cidades. Vou colocar uma postagem no Facebook e ver se alguém tem alguma dica para compartilhar, tá? Acompanhe por lá!
      Grande abraço!

  10. Seu trabalho está maravilhoso Laura!

  11. Olá Laura!
    Estou aqui para agradecer de todo o meu coração uma dica preciosa que li em seu blog.
    Minha mãe tem 78 anos e mobilidade bem reduzida. Durante o planejamento da primeira viagem internacional dela para Portugal, no meio de tantas preocupações pela idade e locomoção, encontrei seu blog, que nos ajudou bastante, pois aluguei uma cadeira de rodas.
    Você nos indicou o Sr. Anibal, agora em maio estivemos em Portugal por alguns dias e contamos com o serviço dele.
    F-A-N-T-Á-S-T-I-C-O!!!
    Reforço a sua recomendação. O melhor motorista-guia!
    Educado, carinhoso, inteligente, google das ruas, com total conhecimento dos pontos turísticos, tornando a viagem mais divertida e histórica!
    Obrigada!!!!

    • Oi, Danielle!

      Que alegria receber sua mensagem e saber que a indicação foi tão útil! É motivador quando recebo essa espécie de feed-back. Obrigada demais!

      O Sr. Aníbal de fato é fantástico.

      Um grande beijo!

  12. Maria Júlia Cupertino

    Olá, Laura. Me chamo Maria Júlia e sou estudante de jornalismo da UFOP. Estamos fazendo uma notícia sobre uma companhia de dança inclusiva que se apresentou em Mariana no último fim de semana e a questão da inclusão e acessibilidade veio à tona no espetáculo. Procurando por fontes, achei o relato da sua visita à cidade e gostei muito. Gostaria de saber se poderia responder as seguintes perguntas: Qual foi a impressão final sobre a questão da acessibilidade em Mariana? Quais foram as maiores dificuldades aqui? Recomendaria uma visita a um amigo ou voltaria?
    Algumas perguntas estão no relato da viagem, mas preciso de uma fala atual de um turista sobre a situação. Se puder me responder, ficaria muito grata. Amei seu blog.

    • Olá, Maria Júlia! Fiquei muito feliz e honrada por saber que gostou do blog. E fico satisfeita por estarem se ocupando do assunto, porque a acessibilidade em Mariana deixa MUITO a desejar.

      Bem, vamos às respostas:

      1) Minha impressão final sobre a acessibilidade em Mariana foi a de que o assunto não tem merecido do poder público a atenção devida. Muita coisa pode ser feita, e isso pode ser comprovado ao se avaliarem, por exemplo, as intervenções realizadas no Pelourinho, em Salvador, que estão inclusive descritas neste blog.
      Como eu disse acima, a acessibilidade deixa muito a desejar. Por exemplo: o escritório de informações turísticas tem degraus na entrada. Isso não é respeitoso com o turista, porque, mesmo que ele não seja cadeirante, poderá ser uma pessoa com mobilidade reduzida e ter dificuldade de acesso.
      Outra coisa: as intervenções que já foram feitas não seguem as normas da ABNT. Então, no fim das contas, não são adequadas.

      2) É difícil falar em “maiores” dificuldades, porque as dificuldades foram inúmeras e graves. Posso citar:
      – Dificuldade de mobilidade; é quase impossível circular pela cidade usando uma cadeira de rodas. Quase não há rebaixamentos de calçadas ou passarelas elevadas, não há rota de acessibilidade (com calçamento adequado), as calçadas estão quebradas em vários pontos.
      – Não é possível entrar nas igrejas, a não ser carregado.
      – Não há acessibilidade em restaurantes, nem mesmo para entrar.

      3) Recomendaria uma visita, mas faria um alerta à pessoa: vá de carro e leve pessoas de braços fortes para auxiliar a entrar nos locais.

      Espero sinceramente que Mariana, no futuro, receba as pessoas com deficiência de forma mais digna.

      Um grande abraço!

  13. Oi Laura.
    Saudades de você.
    Estou muito orgulhoso de você. Você está linda loira.
    A propósito sou eu seu afilhado Thiago.Luiz. Meu zap 983628197 tenho que te apresentar meu casal de filhos. Te amo muito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *