Eataly SP: para curtir com sua cadeira de rodas

 

 

São Paulo é uma cidade mutante, e todos os dias oferece novidades. Recentemente recebeu uma loja do Eataly, que acolhe bem os cadeirantes. Vem comigo conhecê-la!

 

O Eataly Brasil é uma experiência visual, olfativa, gastronômica. Vá com tempo! (Imagem do Facebook do Eataly.)

O Eataly Brasil é uma experiência visual, olfativa, gastronômica. Vá com tempo! (Imagem do Facebook do Eataly.)

 

A verdade é que o Eataly não é propriamente uma loja: é uma experiência.

Trata-se de um empório gigantesco de produtos italianos (mas não só italianos) que compartilha o espaço com restaurantes, bares, cafeteria e bombonière. Chega a ser desconcertante pelo tamanho, pela variedade, pelo bom atendimento, pelas possibilidades de experimentar sabores.

Logo de saída eu já te digo: não fique pouco tempo. Vc precisa passar os olhos por tudo e viver o momento.

Sendo assim, caso deseje também fazer uma refeição, chegue cedo, porque há filas diante dos restaurantes. Embora seja respeitada a prioridade, a hostess (a pessoa que recepciona os clientes) não tem como fazer milagre, e vc pode precisar esperar bastante.

 

Os cartazes espalhados por todo lado (estes estavam no hall do estacionamento) fazem parte da parafernália que te coloca no "clima Eataly". (Foto minha)

Os cartazes espalhados por todo lado (estes estavam no hall do estacionamento) fazem parte da parafernália que te coloca no “clima Eataly”. (Foto minha)

 

O que é Eataly

 

“O nome Eataly nasce da fusão de duas palavras: EAT, comer, e ITALY, Itália, em inglês. A ideia por trás do Eataly é muito simples: reunir todos os alimentos italianos de qualidade sob o mesmo teto, um lugar onde você pode comer, comprar e aprender.” Leia mais aqui.

 

O conceito do Eataly foi criado em 2004. Existem 29 lojas no mundo, sendo 15 na Itália, 9 no Japão, 2 nos Estados Unidos, uma em Dubai, uma em Istambul e, agora, uma em São Paulo.

Sugiro que vc entre no site e descubra tudo o que o Eataly pode lhe oferecer. Não é pouco… Abaixo, no Para Saber Mais, indico também outros sites onde vc poderá se informar antes de ir, para poder ampliar sua condição de assimilar tanta coisa… rs

 

Muita variedade, muita gente, vitrines de encher os olhos: o Eataly é "over" (Imagem retirada do Facebook do Eataly.)

Muita variedade, muita gente, vitrines de encher os olhos: o Eataly é “over” (Imagem retirada do Facebook do Eataly.)

 

Acessibilidade

 

Deixamos o carro no estacionamento do local, cujo preço não é extorsivo como em outros lugares em Sampa. Perguntamos onde ficavam as vagas para cadeirantes, e não somente nos indicaram o local com precisão e objetividade, como nos ofereceram ajuda de forma correta e gentil, mostrando que o Eataly se preocupa com o treinamento de seus colaboradores.

 

A vaga destinada a cadeirantes estava ao lado do hall do elevador. É nesse hall que vc paga o estacionamento, quando estiver saindo.

A vaga destinada a cadeirantes estava ao lado do hall do elevador. É nesse hall que vc paga o estacionamento, quando estiver saindo.

 

Perto da vaga está o elevador que te deixará no térreo. Então, um outro elevador, panorâmico, te transportará ao segundo e terceiro andares.

Em todos os lugares, os criativos e bem-feitos cartazes trazem vc para o clima Eataly.

No primeiro piso, os espaços entre as gôndolas do empório não são muito largos, mas dá pra passar com cadeira motorizada e até scooter.

Já no segundo piso, as passagens são mais estreitas. Se o local estiver cheio, certamente haverá dificuldade para transitar. E ó: fica cheio mesmo, viu? Chegue mais cedo, ou tenha paciência.

Há banheiro adaptado neste piso, bastante grande e arrumado.

Não fomos ao terceiro piso. Ficarei devendo esta informação.

 

Simplicidade é a aposta do Eataly: poucos e bons ingredientes fazem uma boa experiência gastronômica! (Imagem do Facebook do Eataly.)

Simplicidade é a aposta do Eataly: poucos e bons ingredientes fazem uma boa experiência gastronômica! (Imagem do Facebook do Eataly.)

 

#DicasCadeiraVoadora

♥ Evite dias e horários de maior movimento. Até para pessoas que não têm nenhuma deficiência pode ser desconfortável ficar aguardando uma mesa. Ou trombar a todo momento com pessoas distraídas olhando os produtos no empório.

♥ Se quiser fazer uma refeição, vá direto à hostess, que estará num balcãozinho, e diga quantas pessoas estão com vc. Aguarde ser chamado.

♥ Não reserve menos que três horas para percorrer o local, comprar alguma coisa, curtir uma refeição e comer um doce ou um chocolate no primeiro piso! Ah, tem um balcão só de Nutella. O paraíso dos apreciadores…

 

Minhas impressões

 

Antes de conhecer o Eataly, eu achava um exagero a “festa” que as pessoas faziam quando falavam dele. Após ter ido, reconheço que vale a visita: é gostoso e divertido para passear, e vc ainda pode experimentar gastronomia italiana de qualidade.

Não que vc não vá encontrar comida de melhor qualidade fora de lá. Mas o Eataly oferece conforto, qualidade, simpatia, preocupação em servir bem – e acessibilidade, tudo isso no mesmo lugar. Acredite: vale a pena mesmo.

 

Ficamos satisfeitos com tudo. E tão envolvidos com o lugar que quase nos esquecemos de tirar fotos. Por isso tenho tão poucas...

Ficamos satisfeitos com tudo. E tão envolvidos com o lugar que quase nos esquecemos de tirar fotos. Por isso tenho tão poucas…

 

As bebidas só foram fotografadas porque vieram antes da comida. Assim que chegaram nossos pratos, nos esquecemos que existia algo com o nome de câmera fotográfica...

As bebidas só foram fotografadas porque vieram antes da comida. Assim que chegaram nossos pratos, nos esquecemos de que existia algo com o nome de câmera fotográfica…

 

 

Para saber mais

 

Eataly SP – site oficial

Eataly no Guia da Semana SP

Eataly SP no Viaje na Viagem

 

 

Horário(s)

Supermercado: segunda a domingo das 8h às 23h.

Restaurante: domingo à quinta das 11h30 às 15h / 18h30 às 23h, sexta das 12h às 24h / domingo e feriado das 12h às 23h.

Endereço Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1.489, Sul 04543-011

Telefone (11) 3279-3300

(Retirei essas informações do Guia da Semana SP. Sempre confira esses dados antes de ir. Tudo muda o tempo todo no mundo, né?)

 

Os cartazes demonstrando que o Eataly veio mesmo pra ficar.

Os cartazes demonstram que o Eataly veio mesmo pra ficar. Afinal, como sobreviver sem ouvir o cliente? E quantos estabelecimentos ainda não descobriram isso?

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *