Fotografia e inclusão

As lentes de Marta Alencar capturam a diversidade na passarela inclusiva

As lentes de Marta Alencar capturam a diversidade no projeto Passarela Inclusiva

 

Você já tinha parado pra pensar que a fotografia pode ser um instrumento de inclusão?

Foi com essa finalidade que nasceu o Special Kids Photography. Veja:

“Quando a norte-americana Heidi Lewis procurou pela primeira vez um profissional para fotografar o filho Taylor, à época com um ano de idade, não imaginava ouvir tantos ‘nãos’. O motivo: Taylor tinha uma deficiência congênita, considerada pelos fotógrafos um empecilho para uma bela sessão de fotos. A mãe ficou perturbada e, conversando com outras mães de crianças especiais, descobriu que as recusas dos fotógrafos não aconteciam só com ela. Assim, em 2000, ela criou o Special Kids Photography nos Estados Unidos. Nove anos depois, o projeto ganhava um braço no Brasil, pelas lentes de Rubens Vieira.” (Leia o restante da matéria aqui.)

 

Em busca da beleza que mora na singularidade

Marta Alencar é psicóloga e fotógrafa, vive em Belo Horizonte, e é credenciada pelo Special Kids. Desde 1986, como psicóloga, atende crianças com deficiência e seus familiares. Ela confirma: “A fotografia é um importante instrumento de inclusão social. Ao produzir imagens positivas, estas, além de elevar a autoestima da pessoa com deficiência, geram empoderamento, que é dar poder, dignidade e principalmente a liberdade de decidir e controlar seu próprio destino”.

 

Marta Alencar clica pessoas com deficiência em busca da valorização de suas singularidades

Marta Alencar clica pessoas com deficiência em busca da valorização de sua singularidade

 

Ela acrescenta que com a fotografia encontrou uma linguagem expressiva própria, que tem enriquecido seu trabalho como psicóloga. “A fotografia é uma paixão; estou sempre buscando imagens emotivas e belas de pessoas que têm me ensinado muito”.

As imagens podem sensibilizar, gerar empatia e ajudar a mudar o sentimento em relação às pessoas com deficiência. O propósito das fotos é valorizar as diferenças: o que vale é o jeito de cada um ser. Busca-se ver a beleza para além da forma física, ou seja, o belo não é traduzido apenas pelos padrões estabelecidos pela sociedade. Está no olhar, na ternura, na sensualidade, na força, na expressão, no jeito único.

O projeto Alta Estima foi criado por Marta com esse objetivo. A fotógrafa quer com ele traduzir preocupações, sonhos, todo um universo interior. Sua página na internet traz fotos bastante significativas, que vc pode ver clicando aqui.

 

Cadeira Voadora + Marta

Propus a Marta fazermos um ensaio fotográfico para este blog. A ideia era fotografar looks para viagens: roupas confortáveis, fáceis de guardar na mala, de vestir e combinar entre si, usáveis em situações diversas com poucas mudanças. Tudo isso sem maquiagem especial (apenas base leve, blush também leve e batom) e sem cabeleireiro. Eu mesma ajeitei os cabelos.

A proposta era mostrar que a fotografia poderia revelar minha beleza, sem necessidade de produção. Não que eu tenha algo contra produções; eu adoro! Mas, neste caso, queria que as lentes acessassem quem eu sou no cotidiano.

Os looks foram preparados por Laureana Morais, da Laço de Chita. Nós três gostamos muito do resultado. Esperamos que de alguma forma seja útil para vc!

Vou postar aqui somente uma foto. As demais estão no próximo post, e a produção completa poderá ser acessada no meu Pinterest. O endereço está abaixo.

 

Vai passear num dia mais frio? O mesmo jeans pode ser usado com uma blusa felpuda, bastante confortável, e um chapeuzinho, para dar um charme. Colares com pedra da cor marsala, a cor do ano, segundo a Pantone.

Vai passear num dia mais frio? O mesmo jeans pode ser usado com uma blusa felpuda, bastante confortável, e um chapeuzinho, para dar um charme. Colares com pedra da cor marsala, a cor do ano, segundo a Pantone.

 

 

Alta Estima, Laço de Chita e Cadeira Voadora estão juntas para falar da beleza da singularidade e da diversidade. Na foto, Laureana Morais, da Laço de Chita, me ajuda a trocar de roupa em plena praça!

Alta Estima, Laço de Chita e Cadeira Voadora estão juntas para falar da beleza presente na singularidade e na diversidade. Na foto, Laureana Morais, da Laço de Chita, me ajuda a trocar de roupa em plena praça!

 

Para saber mais:

Pinterest Cadeira Voadora

Alta Estima Fotografia Inclusiva

Special Kids Photography Brasil

 

logo preto Laço de Chita compactado

Compartilhe

4 Comments

  1. Laura, parabéns por colocar em prática seu potencial transformador! Encantada e emocionada em ver você e sua “Cadeira Voadora” voando mais alto. Obrigada! Me sinto muito feliz por participar e em ser útil realizando meu trabalho.
    Bons voos!!
    beijo
    Marta

  2. Vocês duas são muito especiais!!!
    E fazem a diferença por onde passam.
    Beijos,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *