Avaliação de hotel: Ibis São Paulo Paulista

Localizado na Av. Paulista, mais um hotel da rede Ibis passa pela avaliação do blog Cadeira Voadora. Confira!

Esta foto foi retirada do site do hotel e mostra a recepção

Esta foto foi retirada do site do hotel Ibis Paulista e mostra a recepção. Todas as demais fotos pertencem ao acervo Cadeira Voadora.

 

Por Laura Martins

 

O Ibis São Paulo Paulista não é o melhor hotel da rede Ibis em que já me hospedei. Apesar disso, tem muitos pontos positivos e um bom custo-benefício, como vou lhe mostrar.

 

Pontos positivos

Foto do quarto, mostrando o armário

Foto do quarto, mostrando o armário e a distância entre este e a cama.

  • Acredito que a principal vantagem deste hotel é a localização: ele está numa das extremidades da Av. Paulista, a poucos passos da estação de metrô Consolação, que é acessível para cadeirantes. Perto de restaurantes, farmácias, padaria, cafeterias, shoppings, da Livraria Cultura, do Parque Trianon e do Masp. Dá pra ir rodando.
  • Café da manhã excelente, com omeletes e tapiocas preparados na hora, do jeito que vc desejar.
  • Os funcionários são muito gentis.
  • O hotel é silencioso, apesar da localização.
  • As diárias têm bom preço.
  • Não é um hotel novo. Por causa disso, não foi planejado para ser acessível, mas recebeu adaptações para cadeirantes. As adaptações são razoáveis, conforme detalharei adiante.

 

Acessibilidade geral

  • Rampa na lateral da portaria. Mas: a área em frente à escada e à rampa tem uma declividade, o que obriga o cadeirante que não tem tanta força nos braços, ou tanta habilidade, a ter de pedir ajuda a fim de alcançar o passeio para pedestres.
  • O balcão de café da manhã não tem altura adequada, mas é possível alcançar os itens sem muito esforço.
  • O quarto não é tão bem planejado quanto os de outros Ibis que já avaliei. Para circular a cama e atingir a bancada, o espaço não é muito amplo. Isso pode atrapalhar quem tem cadeiras de rodas mais largas. A minha tem 58cm e passou, mas acredito que, com mais de 60cm, poderá haver problemas.
  • Armário de roupas, cofre e frigobar estão em altura adequada. Há uma parte no armário que tem os cabides mais altos, para o acompanhante.
  • Como sempre ocorre na rede Ibis, as camas dos quartos adaptados são para casal. Isso é uma desvantagem quando vc viaja com pessoas que não são íntimas. Em compensação, quando está com seu love, como eu estava, a cama atende muito bem. É espaçosa e confortável.
  • Piso laminado facilita a circulação
  • O quarto é distante do elevador, o que não é confortável para cadeirantes, particularmente porque o piso é carpetado.

 

Acessibilidade no banheiro

  • O banheiro é bastante amplo e oferece barras de segurança, mas o aspecto não é muito agradável, mostrando marcas de reforma; algumas peças da pia estão se soltando.
  • No boxe, não há fechamento, nem com cortina. O resultado vc já sabe: alagamento. Pedi várias toalhas (para colocar no piso), além de rodo, a fim de contornar a situação.
  • A banqueta de banho pode não ser favorável para pessoas com menos equilíbrio, mas já havia uma cadeira plástica no banheiro, para o caso de alguém não se adaptar à banqueta.
  • Só há dois quartos para cadeirantes.
  • E tenho que te alertar acerca de um problema: as torneiras do chuveiro não são seguras, porque a quente abre no sentido horário, e a fria no anti-horário. Daí, a gente confunde e pode acabar se queimando. Portanto, atenção.

 

Observe, na montagem de fotos, as condições do banheiro.

Observe, na montagem de fotos, as condições do banheiro. À esquerda, ducha manual para banho, barra de segurança e banqueta. No centro, o vaso sanitário elevado e, à direita, pia com barras de segurança e espelho inclinado. Marcas de reforma são visíveis.

 

Conclusão

Apesar das dificuldades, nossa estada foi ótima. Os funcionários fizeram de tudo para contornar os problemas e oferecer uma experiência favorável. E, como disse acima, dá pra passear a pé pela Paulista, o que é ótimo.

Na primeira noite, fomos tomar uma sopa na Bela Paulista e depois comprar livros e tomar um café na Livraria Cultura. No dia seguinte, passamos para conferir a exposição de Portinari no Masp e depois fomos comprar chocolates Lindt num shopping próximo. Adoro rodar nessa região, porque as calçadas, de modo geral, são preservadas, embora alguns rebaixamentos não sejam muito adequados. Mas é possível se virar bem!

Sendo assim, considere esta indicação em sua próxima ida a Sampa!

 

A exposição de Portinari está bem-montada, com facilidade de circulação. Além disso, contém obras significativas.

A exposição de Portinari, no Masp, está bem-montada, com facilidade de circulação entre os quadros. Além disso, contém obras significativas. Adoramos.

 

 

Para saber mais:

 

Para ler os outros posts sobre São Paulo neste blog, clique aqui.

 

Compartilhe

4 Comments

  1. Estive na paulista mês passado, fiquei no Quality Jardins, quarto espaçoso, mas sempre pecam no banheiro, o principal em minha opnião.

    http://www.casadaptada.com.br/2016/10/workshop-saude-urologica-e-minha-viagem-sao-paulo/

  2. Oi Laura. Você tem alguma dica dehospedagens da rede airbnb de SP.?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *